Battletoads 2

Não tem nada a ver com o jogo, já falei desse game dos infernos que me fez gastar horas e dias a fio, e sem terminar o bendito.  Mas tem sapos:

Estava eu em Belém, fazendo o trabalho para o qual fui mandado lá.  Daí a pouco o projetista que viajava comigo estava especialmente interessado em uma vala de drenagem da instalação.  Fui ver o que havia de tão interessante e ele disse que queria salvar um sapo.

Ora sapos são minha especialidade, fui até a vala.  Bem, o batráquio estava preso no meio da água oleosa que sai daquela área (não se preocupem, esta água é tratada e não é jogado óleo no meio-ambiente).  Mas o sapo estava condenado a passar sua vida dentro daquela vala.  Ele viveria, tinha uma colônia de mosquitos ali, e água (mas não muito boa).

Decidimos tirá-lo dali.  A vida de um sapo tem que ser mais do que só uma vala de drenagem.  Vocês sabem que não tenho problemas com sapos e anfíbios em geral (basta ver isso aqui) e que agora que a temporada de pererecas está aberta aqui na rua serei chamado para várias ocorrências com esses animais.  Mas um sapo amazônico?

Já li que lá na Amazônia tem sapos que tem um veneno que mata você em questão de minutos apenas por você tocá-lo.  Tive minhas dúvidas e fui com um papel para pegá-lo.  O bicho pula daqui para lá e nunca que conseguimos pegá-lo, ele escorregava pela folha e nos driblava.

Até que resolvi.  O sapo não tinha cara de venenoso.  Animais venenosos costumam ser coloridos, não era o caso do sapo.  Foi com a mão mesmo.  Bem, foi bem mais fácil pegá-lo com a mão do que com o papel.  Daí, só parei com o bicho para umas fotos e depois soltei o batráquio para uma vida livre e feliz na selva amazônica ao lado da instalação.

Leia Também:

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Diários de Viagem e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s