Naming Rights

Durante a derrota da seleção diante do México, vi um burburinho na internet a respeito do estádio onde o jogo se realizava.  O estádio pertence ao Dallas Cowboys.  Seu nome, como não poderia deixar de ser é Cowboys Stadium, mas parece que tem alguma coisa da Fedex no nome do estádio.  Para a Globo foi apenas Estádio de Dallas.  E veio uma gritaria sobre a Globo não citar o nome da Fedex (ou seja quem for) no Estádio.

Essa prática de uma empresa colocar seu nome na frente dos estádios é comum lá pelas terras do Tio Sam.  O New England Patriots joga no Gillete Stadium, O Chergers no Qualcomm Stadium, o Saints no Mercedes Benz Silver Dome, e por aí vai.  Isso se chama “Naming Rights” e é muito comum nos EUA e na Europa.  A gritaria era porque essa nova prática de publicidade não pegava por aqui.

O Brasil é diferente quando trata dos seus estádios.  Os clubes brasileiros também são diferentes.  Não é tão simples aqui botar um nome em um estádio, muito menos mudar o nome.  Só lembro de um clube que tentou, o Atlético Paranaense que mudou a Arena da Baixada para Kyocera Arena.  Não foi visto com bons olhos e pouca gente ainda lembra que isso existiu.

As pessoas culpam a Globo (as pessoas culpam a Globo por tudo que é ruim no Brasil), por esse negócio não pegar, afinal, a Globo nunca chamou a Arena da Baixada de Kyocera Arena.  Mas a Globo tem por política não citar marcas que não paguem a ela por isso.  Goste ou não, é uma política clara.  Se demorou bastante para que a Equipe Red Bull de F1 deixasse de ser chamada de RBR, imagine um estádio.

Mas há um outro lado sobre esse negócio de nome de estádio no Brasil.  Quem batiza o estádio é o povo.  Não o clube, ou uma empresa, ou a Globo…  Basta ver que o Estádio Mário Filho chama-se Maracanã.  E o Estádio João Havelange chama-se Engenhão.  Ora, se nem homenagear pessoas ilustres conseguimos, que dirá empresas.

Pessoalmente, sou um defensor do futebol tradicional.  Portanto esse negócio de arena me irrita.  Arena é para touradas e luta de gladiadores.  Embora o futebol possa ser tão violento quanto, pra mim ele é jogado em estádios.  Eu ficaria bem irritado se o Vasco construísse uma Arena Vasco.  Não fica bom.  Estádios modernos sim, mas não arenas.

Quanto a questão dos naming rights sou tradicionalista também.  Nos EUA isso faz parte da cultura já.  Na Europa também.  Mas não é da cultura brasileira.  Duvido que os torcedores do Atlético-PR diziam que seu time jogou na Kyocera Arena.  Imagine o Corinthias com o seu estádio (Já batizado de Itaquerão pelo povo) chamá-lo de Arena Gillete Corinthians.  Além das inúmeras piadas que surgirão (Pior se a Gillete desse nome ao Morumbi), é um nome que não vai colar.  E se depois de alguns anos a Gillete sai e o nome do estádio muda de novo?  Passa a ser Arena Claro Corinthians.  Como um estádio com nomes que mudam ficará conhecido na história?  E os jogos que ocorreram lá para serem lembrados?  Um nome que fique mudando não é legal.

Com relação ao meu time por exemplo, acho que o estádio é São Januário e pronto, acabou.  Não iria gostar de Estádio São Januário Eletrobrás.  Da mesma forma, o estádio de qualquer outro time brasileiro com nomes de empresas me incomodaria.  Aqui no Brasil, quem dá nome aos estádios é o povo.  Os marketeiros de plantão, com seus naming rights que aprendam isso.  E se alguma empresa comprar esse papo, certo que foi feita de otária.  A menos que destine uma verba extra para a Globo falar o nome dela.

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Esportes e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s