Uruguai

Acabo de ver o grande jogo entre Uruguai e Argentina pelas quartas de final da Copa América.  Os uruguaios venceram nos pênaltis.  Os jogos de futebol mais emocionantes que tenho visto sempre envolvem nossos vizinhos do sul.

a Copa América está medíocre.  Nenhuma seleção está jogando algo parecido com futebol.  Na verdade, eu não gosto do jeito como está o futebol hoje.  Hoje, os jogadores e torcedores se importam muito mais com clubes do que com as seleções.  Não digo que uma coisa deve ser melhor que a outra, acho legal torcer para os dois, e acho que ambos tem seu lugar.  Mas seleções representam seu país.  Não é só cores de uma organização qualquer.

Vai chegar um dia em que ganhar um mundial daqueles do Japão do fim do ano será mais importante do que uma Copa do Mundo.  Uma Libertadores será mais importante do que a Copa América, bem como a Champions League mais legal que a Eurocopa.  Isso será a morte de uma boa parte do futebol.

 Vejam a badalação em torno do Messi, do Neymar e outros.  Eles simplesmente não jogam 40% do que jogam em seus clubes.  E por quê? Bem, por isso.  Os jogadores não ligam mais para as seleções.  Afinal quem paga salários são os clubes, tudo o que eles querem hoje está nos clubes.  Pra que seleções?

Mas em toda essa badalação sobre jogadores, dessa aporrinhação midiática em torno do “duelo Messi-Neymar” como se todo o resto da Copa América não importasse foi simplesmente mostrado como uma grande bobeira.

Futebol são onze contra onze.  Sem essa palhaçada de um contra o outro.  A melhor coisa que essa copa américa fez foi ter impedido um Brasil X Argentina e por consequencia todo esse carnaval da Globo de Messi e Neymar.  E mais ainda:  A América do Sul não se resume a Brasil e Argentina.

Temos seleções muito boas na copa américa.  Uruguai provou isso.  O Paraguai é outro excelente time.  A Colômbia teve a melhor campanha da primeira fase, mas caiu diante do Peru.  Não se resume portanto a dois times apenas.  Mas eu quero falar do Uruguai.

Ah, o Uruguai.  O time que provou da ira do Galvão Bueno na copa de 2010 por ousarem enfrentar a África do Sul (Galvão torcia descaradamente pelos africanos).  O Uruguai no mundo das seleções poderia ser comparado com aquele time grande que caiu para a segundona e lá ficou.  Algo como um América do Rio.

O Uruguai cujo jogador mais badalado é o Forlan que nem é grande coisa.  Mas o Uruguai tem a sua tradição.  É um país pequeno, mas orgulhoso do que é e do que tem.  Não só no futebol.

O Uruguai se tornou independente do Brasil, antes era a província Cisplatina, que nunca foi uma província pacífica.  Ao mesmo tempo o império Brasileiro vivia em guerra contra os argentinos.  Daí a Inglaterra inventou o Uruguai.  Um “Algodão entre espinhos” conforme disseram na ocasião.  Mas o Uruguai nada tem a ver com algodão.

A existência de um Estado uruguaio não estava nos planos de Solano Lopez.  Daí o Uruguai se juntou a Brasil e Argentina e lutamos lado a lado na guerra do Paraguai.  Os uruguaios se orgulham muito disso.  Embora um país pequeno se orgulham de suas tradições, militares e esportivas.  Eles tem memória para seus feitos muito maior que a nossa.

Na primeira metade do século XX o Uruguai era a potência no futebol.  Ganharam as olimpíadas, a primeira Copa…  Esteve mal depois.  Era o Uruguai sempre o ocupante da meia vaga para a copa disputada contra a Austrália.  As vezes nem isso.  Foi o calvário do Uruguai.

Mas eis que o país reagiu.  Na última copa o Uruguai protagonizou o lance mais impressionante que eu já vi em copas.  Ver o uruguaio meter a mão na bola, impedindo o gol de Gana.  O que tornou a cena impressionante é que todo o expediente legal foi feito.  O juiz marcou pênalti e expulsou o jogador.  Ele se sacrificou pela permanência do seu time no torneio.  E o pior é que deu certo.  Eu não veria muita graça nesse lance feito em um jogo de clubes.  Mas em uma copa do mundo foi genial.

Assim, mesmo que a mídia insista em bipolarizar o futebol sul-americano, o Uruguai é grande, e está de volta.  Este ano o Peñarol voltou a ser protagonista da Libertadores, a seleção uruguaia foi as semifinais da copa do mundo e agora elimina a Argentina dentro de sua casa em um jogo em que o Uruguai foi superior a maior parte do tempo, mesmo com a Argentina superior no papel.

Assim, bem-vindo de volta Uruguai.

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Esportes e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s