Desabafo (2)

Já vou avisando que esse post não é alegre, não é feliz, é bruto e talvez até preconceituoso mas está sendo escrito no calor dos acontecimentos.  As vezes isso é necessário.  Fiz isso uma outra vez, no post sobre a tragédia de Teresópolis e, humildemente considero o melhor texto que já escrevi para esse Blog.  Mas esse não será bom.

Eu tinha idealizado uma coisa muito legal e pra cima para escrever aqui hoje, baseado em uma foto excepcional que vi no blog do Flávio Gomes sobre os engenheiros, mas essa vai ficar para depois, talvez para nunca.  Ocorre que hoje me fizeram uma grande sacanagem.

Enquanto eu estava na biblioteca estudando para o concurso da BR, que certamente passarei, algum pivete desocupado se encarregou de arranhar o Red 5.  Fez um arranhão horrível, daqueles feitos propositalmente e para aparecer bastante.  Não satisfeito, ele arranhou a tampa do porta-malas e o capô.  Está horrível, não sei se o polimento tira, saberei disso amanhã ou sábado quando levá-lo para ver isso.

A gente quando está em maré de azar é impressionante.  Toda manhã eu tenho que levantar e me motivar, ou crio ou procuro uma frase de incentivo  (quem me segue no Twitter ou no Facebook sabe disso) para ter força de encarar mais um dia que tudo indica que vai ser inútil.  Todo dia tenho que vencer a tentação de desistir de tudo, de entregar tudo, levantar e lutar.  E assim tenho feito.  Mas todo dia tenho que levar um golpe diferente.  Parece que a campanha é realmente para me derrubar.  Estão indo bem, não posso negar, mas ainda não conseguiram.

O moleque que fez isso, certamente é um pré-adolescente infeliz morador da favela da Maré, desocupado que vai as aulas e não aprende nada pois o professor ganha mal (e muito mal) e mais importante ele também não quer aprender porque não precisa.  Na casa dele os pais não tiveram competência nem vontade de educá-lo, hoje ele tem como objetivos de vida e valores coisas completamente distintas do que se espera de uma pessoa digna e, com a idade que tem já formou sua personalidade e, portanto, está perdida.  É mais um para, no máximo engrossar as fileiras do tráfico.  Que morra por lá.

Vendo isso, e outros garotos e garotas nessa idade, percebi que a geração que vem agora está perdida.  Os palhaços de direitos humanos podem fazer o que quiser pra ajudar:  Cotas universitárias, cotas em cursos técnicos, aprovação automática, empregos, bolsa família, campanha da xuxa para não bater, etc que já era.  A solução dessa geração passa pelo cano de um fuzil.  E não tem jeito.

Sou contra o aborto, continuo sendo, mas sou contra o Estatuto da Criança e do Adolescente, um grande absurdo jurídico que impede que vejamos a cara e conheçamos o nome de vários bandidos ocultados pelo “di menor”, que permite que esses merdas completem 18 anos e saiam com a ficha limpa ao maior estilo banco imobiliário (saída livre da prisão) como se fosse possível assim regenerar esse animal.

Essa ridícula lei foi feita para proteger os menores, mas os protege tão bem que impede que punamos os que merecem.  E impede a proteção da sociedade daqueles que precisam de proteção deles.  Portanto, ela precisa ser urgentemente revogada, pelo menos no que tange ao tratamento com bandidos.

Se vierem os defensores de bandidos disserem que eu quero que mate o pivete por arranhar um carro eu diria que não precisa matar, mas umas boas chibatadas estariam de bom tamanho.  Ou alguns meses no xilindró com trabalhos forçados em regime semi-escravo.  Se me disserem que os presídios estão cheios, basta matar alguns.  Não fazem falta.  Vermes, temos aos montes aqui no Brasil.

Eu fui bem educado, nunca danifiquei o patrimônio alheio, tudo o que os vizinhos tem a reclamar de mim era de barulho de bombas e bolas, pipas e aviões que caiam acidentalmente em suas casas.  Mas hoje eles vivem a fazer isso comigo.  Isso pois não foram bem educados.  E pela idade que tem, já se tornou irreversível.  Tirem-os portanto do convívio da sociedade e dê-lhes bastante pedras para quebrar em jornadas de trabalho de 12 horas diárias.

Portanto, termino com um pedido aos professores e pais:  Temos uma geração perdida chegando.  Por favor eduquem corretamente a próxima.  Eu garanto que ajudo em tudo o que for possível.  Mas os adolescentes de hoje, só com chibata e fuzil.  E tenho dito.

Quanto ao pivete arranhador de Red 5, ficarei bem feliz em saber que ele foi morto pelo BOPE na futura instalação da UPP da Maré.

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Red 5, Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Desabafo (2)

  1. Elaine disse:

    Caro Fernando,

    frase de hoje: “se a vida te der um limão, faça uma limonada.”

    Beijos e $uce$$o

  2. Tenho tanto limão aqui que dá pra montar uma barraca de feira. =)

  3. Alguém indignado disse:

    Ah, filhinho de papai ficou putinho porque arranharam o carro que papai te deu… Que pena. Fique feliz por ter carro e por ter dinheiro pra consertar!

    É tão preocupado com o próprio umbigo que não percebe a sorte de ter nascido numa família privilegiada, de (suponho eu) ter tido a oportunidade de estudar em boas escolas, etc etc etc.

    Acorda pra vida!

    • Primeiro conheça minha vida para depois criticar OK? Se soubesse da metade da minha vida engoliria tuas palavras. Pelo visto o filhinho de papai é você.

      Outrossim, comprei meu carro com meu dinheiro, o “papai” só pôde me ajudar lá do céu. Então meu amigo, antes de criticar os outros, procure se informar, certo?

  4. Pingback: 2011 – Um breve balanço | Blog do Fernando

  5. Pingback: O Congresso que merecemos | Blog do Fernando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s