Norte X Sul

E lá ia eu, após o post dos 3000 visitantes saudar a vitória de Dilma Roussef para a presidência, que, aliás, vocês que andam pelo meu blog já sabiam que eu votava nela. (Lembra?)  Quem viu o Red 5 por estes dias também sabe disso.  Mas, infelizmente a vitória da presidenta trouxe a tona uma faceta de alguns brasileiros que deveria ser extirpada da nossa sociedade.

Ontem uma garota se valendo do Twitter foi dizer que nordestino não era gente e que deveríamos fazer um favor ao estado de São Paulo e matar um nordestino.  Foi o uso mais ridículo do twitter que já vi.  Isso praticamente começou uma guerra civil na internet.  O brasileiro diz não gostar de política, mas a discute tão acaloradamente como discute futebol.  E tal qual no futebol, quando seu time ganha ele brinca e quando perde ele arruma culpados.  Os eleitores de Serra culparam o Nordeste pela sua derrota.  Mas, pensemos um pouco:

Sendo todos os estados parte do Brasil, cada um, seja acreano ou gaúcho tem o direito de escolher quem vai governar o país.  A maioria dos brasileiros vence.  É simples assim.  O que aconteceu é que a maioria dos brasileiros escolheu a candidata do PT. Independente de estados, a soma dos votos no Brasil inteiro de Dilma foi bem maior que a de Serra.  Ponto final.

Culpar o nível de instrução dos nordestinos ou os programas assistencialistas do governo não passa de chororô.  Os próprios paulistas que foram os que mais choraram a derrota elegeram para deputado federal um palhaço analfabeto que é… Nordestino.  Ou seja, a inteligência de um paulista para votar é, no máximo, equivalente a inteligência do nordestino para o voto.

E aí tome de comentários idiotas.  Acompanhar o twitter ontem foi uma diversão.  Muita gente dizia que “O Sul é o meu país” em alusão a um movimento separatista ridículo que insiste em sobreviver na região sul do país.  Os paulistas insistem que são eles que carregam o país nas costas, enquanto os outros se aproveitam, etc…

O fato é que o país é um só:  Brasil.  E assim vai continuar.  Portanto, não me venham com essas coisas pois cada estado depende dos demais.  Os próprios paulistas, se fossem uma nação, estariam certamente falidos ou seriam um daqueles paraísos fiscais que o mundo sério sente repugnância.  E não acho que a discussão sobre que parte do Brasil é mais importante seja relevante.  Todas são.  E isso faz do Brasil o país mais fantástico do mundo.

A divisão no país é outra.  É entre ricos e pobres.  Por ricos não entenda quem tem dinheiro, mas sim aqueles que, por terem condições financeiras se acham muito mais no direito do que os demais.  Bem aquela gentinha de uns posts atrás (leia aqui), é a turma do elevador social e dos chiqueirinhos vips.  E muitas vezes quem força toda essa divisão são os ricos que não admitem dividir seu espaço com os pobres que estão ascendendo.

Muitos grupos no país vivem tentando forçar divisões sociais.  A elite dos chiqueirinhos vips quer sempre se separar dos demais.  Tem os “grupos de afirmação racial” que buscam criar tensões raciais que não existem no Brasil.  Toda essa idiotice de “afirmação racial” e cotas para negros é apenas uma forma de racismo.  infelizmente encontraram abrigo no governo.  Eu não gosto desse grupo, mas eleger um neo-liberal seria um preço muito alto a se pagar para eliminar um pequeno problema.

Mas o fato é que, todos são brasileiros e ponto.  Qualquer coisa a mais, ricos, pobres, brancos, negros passa a ser, ou pelo menos deveria, irrelevante do ponto de vista político.  Venceu quem foi mais votado, e, considero eu, venceu quem deveria para continuar o progresso do país.

 

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Norte X Sul

  1. Fez merda? disse:

    Parabéns a mayara peidosujo! Uma salva de palmas à inteligência de nossa heroína!
    Depois de incitar o povo (os paulistas) a desmoralizar os nordestinos, ela nos aparece com uma medida de igual valor e intensidade para, dizendo um português claro, “tirar o dela da reta”.
    REALMENTE um pedido de desculpas pode remediar a merda feita.
    “A garota será alvo de duas ações: uma por racismo e outra por “incitação pública ao ato delituoso”. A primeira estipula pena de 2 a 5 anos de detenção, e a segunda, de 3 a 6 meses de reclusão ou multa. O crime de racismo é imprescritível e inafiançável.” (fonte: yahoo.com)

    VIVA MAYARA!!!
    “Fez merda irremediável? É só pedir desculpas” =D

  2. Pingback: 5000 | Blog do Fernando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s