Os 33 do Chile

Não posso deixar passar aqui uma homenagem ao resgate dos mineiros do Chile.  Os chilenos estão de parabéns.  Em primeiro lugar o povo que manifestou completa solidariedade se uniu em orações e no que podia fazer por aqueles 33 homens soterrados sob um infinito de rochas.

O governo do Chile que não mediu esforços para tirá-los de lá e, quando conseguiu não fez disso um grande carnaval político, uma festa patriótica ou uma exaltação a liderança de seu presidente.  A cena do resgate foi simples, com alegria e autenticidade.  Sem celebridades, sem bagunça, sem exageros.  Como tinha que ser.  Mas o mais importante foi ter acreditado sempre que conseguiriam, que os mineiros seriam resgatados.

Aos engenheiros que fizeram um plano perfeito.  Para eliminar a possibilidade de falhas no seu plano foram pragmáticos:  Fizeram um plano A, B, C e até mesmo um D pois, um deles funcionaria.  Enquanto isso abriram imediatamente um menor para permitir comunicação e passagem de suprimentos.  Eles também se preocuparam em manter o moral dos mineiros elevado, dando a eles cartas de familiares, arrumando uma forma para que eles vissem o amistoso de sua seleção lá de dentro da mina e sempre dizendo a eles que o resgate se aproximava.

Principalmente aos mineiros que se mostraram sempre tranquilos como se aquilo fizesse parte de sua rotina.  Não se apavoraram, não se acabaram, mantiveram-se sempre em forma e prontos tanto que, ao vê-los saindo parece que eles ficaram presos ontem.  Aguentariam facilmente mais um mês lá dentro.

Enfim todo esse episódio fez com que os chilenos dessem ao mundo uma lição de esperança, sobrevivência, perseverança, determinação e coragem.  Os chilenos hoje mostraram ao mundo como é que se faz.

Esses episódios sempre nos emocionam. É trágico ver pessoas presas de tal forma que seus recursos estão se esgotando e não há nada que eles possam fazer sozinhos para sairem dessa. Nós acabamos quase sempre tentando nos colocar no lugar deles.  Mas isto é impossível.  Apenas quem viveu isso é que sabe como é.

O mundo parou para assistir ao drama da Apollo XIII na década de 70.  Como aqueles três homens voltariam com uma nave seriamente avariada no meio do caminho entre a Terra e a Lua?  Eles voltaram, contra todas as possibilidades.  Infelizmente não são todas as histórias de sucesso, afinal esta é a vida real e não um filme.  O drama desses mineiros me lembrou e muito ao drama da tripulação do Kursk que terminou de forma trágica.

Mas enfim, hoje é um dia de festa para os chilenos e para todo o mundo bom.  Porque os mineiros saíram de lá, o resgate deu certo e todos poderão retomar suas vidas.  Que sejam felizes.  E que Deus abençoe o Chile.  E muito obrigado aos chilenos pela lição dada ao mundo.

É bem verdade que, vendo a operação de resgate me orgulhei da minha profissão pois, são engenheiros os que planejaram e executaram o resgate.  A maioria de nós passará a vida toda sem viver isso.  Mas uns poucos são chamados para um grande desafio e são eles que os enfrentam.  Sempre quis que um destes caísse sobre mim, mesmo não me sentindo capaz de cumprí-lo.  Mas, não fugiria a luta.  Hoje também é um dia de festa para a engenharia mundial.

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s