Como ser chefe

Hoje algumas situações me fizeram pensar nesse post.  Alguém sabe o que é preciso para se chegar a chefe?  Sim porque muitas vezes parece que os chefes são as pessoas que menos entendem do negócio em que trabalham.

No projeto em que estou atualmente trabalhando tivemos algumas modificações que obrigaram a uma reavaliação da bomba usada.  Isso porque a bomba estava “afogada” e agora não está mais.  Um fator passa a ser importante no cálculo da mesma:  O NPSH.

Não vou descrever aqui o que é o NPSH, mas basicamente funciona assim:  Nós calculamos o NPSH disponível, que nosso sistema tem e comparamos com o NPSH requerido pela bomba, que os fabricantes sempre informam.  Se o disponível é maior que o requerido, beleza, a bomba presta.

Tendo calculado o NPSH disponível do meu sistema, percebi que estava muito baixo.  Precisava consultar a curva da bomba.  Não tínhamos a curva de NPSH por lá, tínhamos apenas a curva Head -vazão.  Contatei o fabricante e, eis o relato do contato:

A secretária bem educadamente me disse que o cara da área técnica não estava se ela poderia me ajudar.  Solicitei a curva.  Ela me passou para uma outra pessoa que sabia do que eu estava falando mas não tinha a citada curva.  Questionei-o que, ele sendo o fabricante deveria ter esta curva.  Ele disse que não tinha, mas poderia levantá-la em alguns meses.

Achei engraçado e disse que isso é um dado normal que todo mundo pede (ao se calcular uma bomba centrífuga, o NPSH é fator essencial).  Ele me disse que eu era o primeiro a fazê-lo.

Desliguei o telefone, ri um pouco e depois soube que eu estava falando com o gerente da fábrica.  Das duas uma:  Ou a fábrica existe há uma semana ou o gerente esqueceu de seus dias de empregado comum e dos dados que precisava com bombas.

Outra:  Um fornecedor me devia há tempos um desenho de uma peça a ser encomendada.  Seu projetista pedira demissão.  O gerente da fábrica foi fazer.  Precisou de seis dias para fazer em SolidWorks uma peça que era basicamente um tubo com furos nas laterais.

Eu realmente não sei o que acontece, quando eu for chefe ou gerente talvez descubra, mas sempre achei que eles são os que menos entendem da área técnica, sendo bons em vendas e em convencimento de clientes, em cortar gastos, etc.  Parece que o conhecimento some deles a medida em que sobem na carreira.  Será que isso acontecerá comigo?

Mistérios da humanidade.

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Causos e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Como ser chefe

  1. A disse:

    Tem casos e casos. Realmente esses dois que você citou são bizarros, inadmissíveis. Agora, já tive chefes fodas. Com anos-luz de experiência e conhecimento, que tem paciência em ensinar, comandam bem uma equipe, motivam, e fazem todos crescer juntos. Isso sim realmente é um chefe. É difícil de encontrar mas existe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s