Uma nova jornada

Trivia do Fernando:  Está faltando algo nesta bandeira.  O que é?

Certo, se você respondeu a algo diferente de “estrelas” ou precisou de mais do que cinco segundos para achar você tem três opções:  Procure imediatamente seu psiquiatra, diminua a dose daquele seu chazinho ou vá para um curso intensivo de civismo.

E não, eu não quero insultar nossa Pátria ou a bandeira.  Considero essa a bandeira mais linda que já existiu no universo e morreria com prazer pela Pátria.  Tá, eu sei, é piegas, mas é a verdade.  Tomei essa liberdade indevida com nossa bandeira para contar em primeira mão, no meu Blog um projeto de longo prazo que estou tocando:

Pensava eu, logo que voltei de São Paulo pela última vez:  “O Brasil é imenso.  E eu conheço tão pouco dele”.  Daí tive essa idéia.  Vou completar essa bandeira.  Essas três estrelas que estão na bandeira são os três estados em que já estive.  Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

É pouco, tenho absoluta certeza disso.  E, portanto, vou ampliar meus horizontes:  26 estados, um Distrito Federal, 27 capitais.  Quero ir a todas.  Por enquanto, só tenho três.  Eram duas até duas semanas atrás, então o projeto está andando.  Então vamos as regras:

1 – A capital do estado é que deve ser visitada.  Casos especiais podem ser considerados, quando apenas houver a passagem pela capital, mas ela tem que estar inclusa no currículo.

2 – O tempo de estada não possui limite mínimo nem máximo.  Mas é preciso dar tempo para se visitar algumas coisas da cidade (escala de avião, por exemplo, não conta).

3 – A viagem pode ser feita a passeio ou a trabalho. 

4 – O meio de transporte pode ser ônibus, avião, Red 5, lombo de jegue, o que for. 

5 – Os diários de cada viagem serão publicados no blog, bem ao estilo do que fiz com os de BH.

6 – Não há prazo para a conclusão da Jornada.  Afinal, isso demanda tempo e dinheiro, coisas escassas ultimamente.

7 – Posso, ou não, levar acompanhantes.  E em número ilimitado.  Pode ser desde grupo de 20 até só mais uma pessoa.  As viagens sozinho também contam.  Não posso é pagar para ninguém, vide o item 6.

8 – Essa bandeira irá sendo atualizada a medida que as viagens forem ocorrendo.

9 – Essa viagem não se sobrepõe a outras.  Pode ser que surja uma internacional no meio, ela será feita.  Afinal temos que agarrar as oportunidades.

Nessa jornada iremos as praias do nordeste, ao agreste, a selva amazônica, ao Pantanal.  As capitais novas e modernas, as outras históricas. O planalto Central e a Planície dos Pampas.  O que sobrou de Mata atlântica e sobretudo ver a gente diferente que faz do nosso Brasil o país mais belo e mais admirado do mundo, que nos mostra que realmente Nosso Senhor, se não nasceu aqui, escolheu esse país para morar…

Claro que é bem difícil, isso vai demorar, tem toda uma dificuldade de trabalho e dinheiro.  Algumas próximas em que posso fazer um bate e volta de fim de semana serão mais rápidas, como Brasília ou Vitória irão rápido.  Mas, outras, nem sei como fazer ainda.

Por exemplo, a Elisa vai dizer:  “Lembranças quando estiver em Macapá”.  Eu nem sei como se chega lá ainda.  E, imaginem Rio Branco:  A gente nem sabe se existe mesmo!  Esse é um dos objetivos da jornada.  Provar que Rio Branco existe. 

Enfim, sempre quis conhecer o Brasil, acho que agora é a vez.  O momento de vida que eu vivo agora é o de que chegou a minha vez.  Então, nada de esperar as coisas.  Estou na dúvida para a próxima se os ventos e as aeronaves me levarão para o Oeste ou para o Nordeste.  Mas o fato é que:  Vamos nessa!

   

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Diários de Viagem e marcado , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Uma nova jornada

  1. luanocio disse:

    Olá,Fernando!
    Faça isso mesmo: conheça novas cidades, pessoas, lugares! Sempre é uma ótima pedida!
    Aí depois você vem aqui e compartilha com a gente seus causos!rs 😀

    Obrigada pelo comentário em meu blog. Confesso que não me considero tão íntima das letras, vivo numa embriaguez existencial danada e sempre me confundo nas palavras…
    Mas é tão bom escrever.né!

    Boa sorte nas tuas viagens!

    Beijos e saudações da Lua!

    • Certamente um dos objetivos da jornada é justamente contar para todo mundo o que eu vou passar para incentivar mais pessoas a fazê-la. O desejo de aventura é inerente ao ser humano. Só precisamos despertá-lo. Cada ser humano precisa cumprir sua jornada. Só quero cumprir a minha da melhor e mais intensa forma possível.

  2. Pingback: 1000 | Blog do Fernando

  3. Pingback: 2011 – Um breve balanço | Blog do Fernando

  4. Pingback: Uma Aula de Geografia | Blog do Fernando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s