O Elimination

(Porque o Blog tava ficando muito sério)

FLAGERVÁSIO era assim mesmo.  O Flamengo perdia, ele aparecia emburrado.  Já levava esse nome por culpa do pai, outro flamenguista roxo.  O filho saiu muito mais doente pelo rubro-negro do que o pai e seu humor variava com a campanha do time.

Pois chega o Flagervásio no bar naquela sexta-feira ainda na ressaca da eliminação do flamengo na noite anterior.  Triste, senta no balcão no lugar de sempre e pede um chopp.  O pessoal do bar já logo começa a comentar:

– E o império do colesterol hein? Não deu pra ontem – Disse um rapaz que jogava sinuca.

Flagervásio já levantara a cabeça por escutar comentários sobre o seu time de coração.

– Também, vocês viram a camisa que usaram esses dias?  Parecia a do Tabajara FC. – Retrucou um outro.  O garçom, como todos da casa vascaíno, logo emendou:

– Dizem que o Flamengo vai tentar contratar a Vaca para completar o seu ataque de peso!

As risadas inundam o bar.  Flagervásio fica vermelho de raiva e não resiste:

– Caso os ignorantes aí não saibam aquela camisa foi a primeira da história do Flamengo.  Os remadores usaram ela pela primeira vez há mais de cem anos! Aprendam a respeitar a história!

– Mas que é feia pra caramba, isso é! – Um gordão na mesa exclama.

– Vai ver eles tão querendo tirar aquela vela de macumba do corpo! – Emenda um botafoguense que acabara de entrar.

Flagervásio se exaltou e começou um discurso sobre a história do Flamengo.  Isso só servia para que o resto do pessoal do bar inventasse mais piadas:

– Disseram que agora o Flamengo vai pro mundial.  Só que é o supermercado, não o de Tóquio! – O dono do bar entrava na brincadeira enquanto servia mais um chope para Flagervásio.

– Escuta o seu analfabeto de futebol quer zuar, fala certo pelo menos, há anos que o mundial não é mais em Tóquio!  Vai estudar!

– Estou pensando em fazer um curso de futebol na Universidade do Chile! – Retrucou

Um careca que bebia do lado de Flagervásio pisou no calo dele:

– Mesmo porque universidade não é algo que o Flamengo conheça…  Nem no Chile conseguem passar…

– Imagina se fosse contra Harvard? – emenda o garçom – Seria a maior goleada da história do futebol

Flagervásio se irritava cada vez mais  mas ainda mantinha a linha:

– Mais um imbecil.  Sabia que Harvard não é tradicional em nenhum esporte? Eles se dedicam a outras áreas.

O povo do bar não estava nem aí para a explicação de Flagervásio.  Flagervásio era professor universitário e, se tinha uma coisa que realmente o irritava era dizer que a torcida do Flamengo era deficiente intelectualmente.  Essa era a pior brincadeira que podiam fazer com ele.

– Vocês que falam besteira aí e a nação é que toma a culpa? Todo mundo tá falando abobrinha e dizem que a torcida de vocês é inteligente.

– Já viu algum tricolor falando burrice? – Disse o careca, demonstrando o seu time

– E botafoguense? Já viu botafoguense falando besteira? – Disse o botafoguense.

– Mas por acaso você já viu algum botafoguense? – Disse o dono do bar. – E o Vasco que foi o primeiro time a acabar com o racismo!  Isso é história.  Não essa camisa de tabajara que inventaram…

– Dizem que o Flamengo só ia ter chance contra o Estudiantes.  Universidade é demais pra eles! – Um anão que entrara cinco minutos atrás dava o ar da sua graça

– Contra o Estudiantes no máximo dava empate, mas eles perdiam nos pênaltis porque os atacantes do Flamengo não iam conseguir correr até a bola sem cansar! – Alguém completa lá da mesa de sinuca

– Mas depende do estudiantes, porque se for estudiantes de ginásio não dá pro Flamengo também não.  O time não passa da 4ª! – Solta o anão incisivo.

Flagervásio a esta altura estava de pé sobre o balcão gritando que o Flamengo era o time com mais vitórias no Brasil e citando um monte de estatísticas para defender seu ponto de vista.  O anão que estava abaixo dele disse:

– Claro que o Flamengo tem a maior torcida!  Já viu o tamanho da população carcerária e quanto bandido tem solto? Tudo flamenguista!  A torcida só tem … (soltando um verso cantado pelos adversários parodiando a música da torcida do Flamengo

Foi o suficiente.  Flagervásio saltou de cima do balcão na direção do anão que pegou a tulipa para se defender jogando chope na cara de Flagervásio.  Outros flamenguistas que estavam no bar se juntaram a flagervásio e tudo terminou numa grande pancadaria que só parou com a chegada da polícia.  Todos passaram a noite no xilindró.  O anão, antes de ir na ambulância para o hospital disse:

– Tá vendo! A cadeia tá cheia de Flamenguista!  E vai mais um pra lá!

Anúncios

Sobre Fernando Vieira

Engenheiro Mecânico. Trabalha no Rio mas mora em Petrópolis. Fez esse blog, pra comentar sobre tudo um pouco mesmo sem entender de nada.
Esse post foi publicado em Causos, Esportes, Ficção e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s